Frases de Cecília Meireles

Immagine di Cecília Meireles
Identikit e dados pessoais
Nome
Cecília
Sobrenome
Benevides de Carvalho Meireles
Apelido
Cecília Meireles
Nascido
7 Novembro 1901
Falecido
9 Novembro 1964
Gênero
feminino
Nacionalidade
brasileira
Profissão
poeta, pintor, acadêmico, jornalista
Signo do zodíaco
Escorpião
Frases, citações e aforismos de Cecília Meireles
98 em português
Todas as frases de Cecília Meireles
  • “Não perguntavam por mim, mas deram por minha falta. Na trama da minha ausência, inventaram tela falsa.”
    Cecília Meireles
    [Tags:fofocas]
  • “Dai-me Senhor, a perseverança das ondas do mar, que fazem de cada recuo, um ponto de partida para um novo avançar.”
    Cecília Meireles
  • “É preciso amar as pessoas e usar as coisas e não, amar as coisas e usar as pessoas.”
    Cecília Meireles
  • “Quanto mais me despedaço, mais fico inteira e serena.”
    Cecília Meireles
  • “Não vou deixar a porta entre aberta.
    Vou escancará-la ou fechá-la de vez.
    Porque pelos vãos, brechas e fendas... passam semiventos, meias verdades e muita insensatez.”

    Cecília Meireles
  • “Eu não necessito de um motivo especial para ser feliz.
    Felicidades são pedacinhos de ternuras que colho aqui e ali.”

    Cecília Meireles
  • “Tudo é vivo e tudo fala ao nosso redor,
    embora com vida e voz que não são humanas,
    mas que podemos aprender a escutar,
    porque muitas vezes essa linguagem secreta
    ajuda a esclarecer o nosso próprio mistério.”

    Cecília Meireles
  • ““Acima de nós, em redor de nós, as palavras voam e às vezes pousam.””
    Cecília Meireles
  • “Penso que sendo o céu redondo,
    um dia nos encontraremos...”

    Cecília Meireles
    [Tags:encontros, futuro]
  • “Não seja o de hoje.
    Não suspires por ontens....
    Não queiras ser o de amanhã.
    Faz-te sem limites no tempo.”

    Cecília Meireles
  • “Compras de Natal
    São as cestinhas forradas de seda, as caixas transparentes os estojos, os papéis de embrulho com desenhos inesperados, os barbantes, atilhos, fitas, o que na verdade oferecemos aos parentes e amigos. Pagamos por essa graça delicada da ilusão. E logo tudo se esvai, por entre sorrisos e alegrias. Durável — apenas o Meninozinho nas...” (continue)
    (continue lendo)
    Cecília Meireles
  • “Aprendi com as primaveras
    a deixar-me cortar e a voltar sempre inteira.”

    Cecília Meireles
  • “Um dia, ela descobriu sozinha que era duas! A que sofre depressa, no ritmo intenso e atroz da noite e a que olha o sofrimento do alto do sono, do alto de tudo, balançada num céu de estrelas invisíveis, sem contato nenhum com o chão.”
    Cecília Meireles
  • “Pois o amor não é doce, pois o bem não é suave, pois amanhã, como ontem, é amarga a liberdade.”
    Cecília Meireles
  • “Tenho fases, como a lua
    Fases de andar escondida,
    Fases de vir para a rua.”

    Cecília Meireles
  • “Repara na canção tardia
    que nitidamente se eleva,
    num arrulho de fonte fria.

    O orvalho treme sobre a treva
    e o sonho da noite procura
    a voz que o vento abraça e leva.

    Repara na canção tardia
    que oferece a um mundo desfeito
    sua flor de melancolia.

    É tão triste, mas tão perfeito,
    o movimento em que murmura,
    como o do coração no peito.

    Repara...” (continue)
    (continue lendo)
    Cecília Meireles
  • “Em que espelho ficou perdida a minha face?”
    Cecília Meireles
  • “Nunca ninguém viu ninguém que o amor pusesse tão triste.
    Essa tristeza não viste, e eu sei que ela se vê bem...”

    Cecília Meireles
  • “E minha alma, sem luz nem tenda,
    passa errante, na noite má,
    à procura de quem me entenda
    e de quem me consolará...”

    Cecília Meireles
  • “De longe te hei de amar, da tranquila distância em que o amor é saudade e o desejo, constância.”
    Cecília Meireles
  • “Tentei, porém nada fiz...
    Muito, da vida, eu já quis.
    Já quis... Mas não quero mais...”

    Cecília Meireles
  • Ainda que sendo tarde e em vão,
    perguntarei por que motivo
    tudo quando eu quis de mais vivo
    tinha por cima escrito: "Não".

    Cecília Meireles
  • “Tenho fases de ser tua,
    tenho outras de ser sozinha.”

    Cecília Meireles
  • “É difícil entregar-se? Mas quem disse que é fácil ser feliz?
    Nem tudo é fácil na vida... Mas, com certeza, nada é impossível
    Precisamos acreditar, ter fé e lutar para que não apenas sonhemos, Mas também tornemos todos esses desejos, realidade!”

    Cecília Meireles
  • “Liberdade de voar num horizonte qualquer, liberdade de pousar onde o coração quiser.”
    Cecília Meireles
    [Tags:amar, liberdade, voar]
  • “O respeito mútuo, um respeito sem fingimentose sem rotinas, um respeito bem intencionado, que todos os dias se ilumina de argumentos novos e todos os dias se sente pequeno diante da sua aspiração, poderá servir de base, dentro da obra educacional, a um movimento de resultados eficientes, no problema urgentíssimo da salvação do mundo pela...” (continue)(continue lendo)

    Cecília Meireles
  • “Quantos lugares meu Deus, para viajar! Lugares, recordados ou apenas imaginados.”
    Cecília Meireles
  • “Quem nasceu mesmo moreno,
    moreno de vocação
    gosta de mar e sereno,
    de estrela e de violão.
    Pode até gostar de alguém
    Mas nunca deixa a solidão.”

    Cecília Meireles
  • “Pus o meu sonho num navio
    e o navio em cima do mar;
    - depois, abri o mar com as mãos,
    para o meu sonho naufragar...”

    Cecília Meireles
    [Tags:desistir, medo, sonhos]
  • “Tudo está certo, no seu lugar, cumprindo o seu destino.
    E eu me sinto completamente feliz.
    Mas, quando falo dessas pequenas felicidades certas,
    que estão diante de cada janela, uns dizem que essas coisas não existem,
    outros que só existem diante das minhas janelas, e outros,
    finalmente, que é preciso aprender a olhar, para poder vê-las assim.”

    Cecília Meireles
  • “Leva o arco-íris em cada fio do cabelo.
    Em sua pele, madrepérolas hesitantes
    pintam leves alvoradas de neblina.
    Evaporam-se-lhe os vestidos, na paisagem.
    É apenas o vento que vai levando o seu corpo pelas alamedas.
    A cada passo, uma flor, a cada movimento, um pássaro.”

    Cecília Meireles
  • “O mundo vai acabar, e certamente saberemos qual era o seu verdadeiro sentido. Se valeu a pena que uns trabalhassem tanto e outros tão pouco. Por que fomos tão sinceros ou tão hipócritas, tão falsos e tão leais. Por que pensamos só em nós mesmos ou só nos outros.”
    Cecília Meireles
  • “Até quando terás, minha alma, esta doçura,
    este dom de sofrer, este poder de amar,
    a força de estar sempre _ insegura _ segura
    como a flecha que segue a trajetória obscura,
    fiel ao seu movimento, exata em seu lugar?”

    Cecília Meireles
  • “Um poeta é sempre irmão do vento e da água:
    deixa seu ritmo por onde passa.
    Se eu nem sei onde estou,
    como posso esperar que algum ouvido me escute?
    Ah! Se eu nem sei quem sou,
    como posso esperar que venha alguém gostar de mim? (Discurso)”

    Cecília Meireles
  • “O instante existe. Não sou alegre nem sou triste: não sito gozo nem tormento. Atravesso noite e dias no vento. Se desmorono ou se edifico, se permaneço ou me desfaço. não sei, não sei. Não sei se fico ou passo.”
    Cecília Meireles
  • “Há pessoas que nos falam e nem as escutamos, há pessoas que nos ferem e nem cicatrizes deixam mas há pessoas que simplesmente aparecem em nossas vidas e nos marcam para sempre.”
    Cecília Meireles
  • “A flor com que a menina sonha
    está no sonho?
    ou na fronha?
    A lua com que a menina sonha
    é o lindo do sonho
    ou a lua da fronha?”

    Cecília Meireles
    [Tags:realidade, sonhos]
  • “Minhas mãos ainda estão molhadas do azul das ondas entreabertas e a cor que escorre dos meus dedos, colore as areias desertas...”
    Cecília Meireles
  • “Não queiras ter pátria, não dividas a terra,não arranques pedaços ao mar. Nasce bem alto, que todas as coisas serão tuas...”
    Cecília Meireles
  • “Desfaz-te da vaidade triste de falar.
    Pensa, completamente silencioso,
    Até a glória de ficar silencioso,
    Sem pensar.”

    Cecília Meireles
  • “Eu canto porque o instante existe e a minha vida está completa. Não sou alegre nem sou triste: sou poeta.”
    Cecília Meireles
  • “Viajo sozinha com o meu coração
    Não ando perdida, mas desencontrada
    Levo o meu rumo na minha mão.”

    Cecília Meireles
  • “Se as respostas foram dadas e você não faz parte da solução, então é porque o problema é você!”
    Cecília Meireles
  • “Meu coração tombou na vida, tal qual uma estrela ferida pela flecha de um caçador.”
    Cecília Meireles
  • “E é nisto que se resume o sofrimento:
    cai a flor, —e deixa o perfume no vento!”

    Cecília Meireles
  • “Mas a vida, a vida, a vida,
    a vida só é possível reinventada.”

    Cecília Meireles
  • “Quando penso em você, fecho os olhos de saudade.”
    Cecília Meireles
    [Tags:olhos, saudades]
  • “Permita que eu que me conforme em ser sozinha.”
    Cecília Meireles
  • “Também é ser, deixar de ser assim.”
    Cecília Meireles
    [Tags:mudança, ser]
  • “Eu? Bebo o horizonte!”
    Cecília Meireles
Em destaque