Frases de Eugenio Montale

Immagine di Eugenio Montale
Identikit e dados pessoais
Nome
Eugenio
Sobrenome
Montale
Nascido
12 Outubro 1896 em Genova
Falecido
12 Setembro 1981 em Milano
Gênero
masculino
Nacionalidade
Italiana
Profissão
poeta, escritor, jornalista, crítico literário
Prêmios
prémio Nobel de literatura de 1975
Signo do zodíaco
Libra
Frases, citações e aforismos de Eugenio Montale
11 em português
Todas as frases de Eugenio Montale
  • “Vós, palavras, traís em vão o ataque
    secreto, o vento que sopra no coração.
    A razão mais verdadeira é de quem cala.”

    Eugenio Montale
  • “Consegues o melhor dos outros quando dás o melhor de ti próprio.”
    Eugenio Montale
  • “Eu sempre bati à porta daquele maravilhoso e terrível eignma que é a vida.”
    Eugenio Montale
    [Tags:viver]
  • “São necessárias demasiadas vidas para fazer apenas uma.”
    Eugenio Montale
  • “Contra este fundo escuro de bem-estar da civilização contemporânea, até a arte tende a misturar-se, perdendo a sua identidade.”
    Eugenio Montale
  • “A poesia é a arte que tecnicamente está ao alcance de todos: um pedaço de papel e um lápis e estamos prontos.”
    Eugenio Montale
    [Tags:escrever, poesia]
  • “O homem não consegue produzir um único trabalho sem a assistência do lento, assíduo, corrosivo verme do pensamento.”
    Eugenio Montale
  • “Eu não parto em busca da poesia. Eu espero que a poesia me venha visitar.”
    Eugenio Montale
    [Tags:escrever, poesia]
  • “Muitos dos versos hoje em dia são prosa, e má prosa.”
    Eugenio Montale
    [Tags:livros, poesia]
  • “A comunicação de massas, a rádio, e especialmente a televisão, tem tentado, não sem sucesso, aniquilar toda a possibilidade de estarmos sós e reflectirmos.”
    Eugenio Montale
  • “O poeta não sabe - muitas vezes nunca saberá - para quem realmente ele está a escrever.”
    Eugenio Montale
    [Tags:escrever, poeta]
Em destaque