Frases de Fernando Pessoa

Immagine di Fernando Pessoa
Identikit e dados pessoais
Nome
Fernando António
Sobrenome
Nogueira de Seabra Pessoa
Apelido
Fernando Pessoa
Nascido
13 Junho 1888 em Lisbona
Falecido
30 Novembro 1935 em Lisbona
Gênero
masculino
Nacionalidade
Portuguesa
Profissão
poeta, escritor
Signo do zodíaco
Gêmeos
Frases, citações e aforismos de Fernando Pessoa
378 em português
Todas as frases de Fernando Pessoa
  • “Nasci sujeito como os outros a erros e a defeitos, mas nunca ao erro de querer compreender só com a inteligência, nunca ao defeito de exigir do Mundo que fosse qualquer cousa que não fosse o Mundo.”
    Fernando Pessoa
  • “Tudo em meu torno é o universo nu, abstrato, feito de negações noturnas. Divido-me em cansado e inquieto, e chego a tocar com a sensação do corpo um conhecimento metafísico do mistério das coisas.”
    Fernando Pessoa
  • “Segue teu destino, rega tuas plantas, ama as tuas rosas. O resto é sombra de árvores alheias... Vê de longe a vida. Nunca a interrogues. Ela nada pode dizer-te. A resposta , está além dos Deuses.”
    Fernando Pessoa
    [Tags:destino, viver]
  • “Era uma princesa que amou... Já não sei... Como estou esquecido! Canta-me ao ouvido e adormecerei... Que é feito de tudo? Que fiz eu de mim? Deixa-me dormir, dormir a sorrir e seja isto o fim.”
    Fernando Pessoa
    [Tags:amar, fábulas]
  • “Para quê olhar para os crepúsculos se tenho em mim milhares de crepúsculos diversos - alguns dos quais que o não são - e se, além de os olhar dentro de mim, eu próprio os sou, por dentro?”
    Fernando Pessoa
  • “Compreendi que as coisas são reais e todas diferentes umas das outras; compreendi isto com os olhos, nunca com o pensamento. Compreender isto com o pensamento seria achá-las todas iguais.”
    Fernando Pessoa
  • “Valeu a pena? Tudo vale a pena se a alma não é pequena. Quem quer passar além do Bojador tem que passar além da dor. Deus ao mar o perigo e o abismo deu, mas nele é que espelhou o céu.”
    Fernando Pessoa
  • “Outrora eu era daqui, e hoje regresso estrangeiro, forasteiro do que vejo e ouço, velho de mim. Já vi tudo, ainda o que nunca vi, nem o que nunca verei. Eu reinei no que nunca fui.”
    Fernando Pessoa
  • “Correr riscos reais, além de me apavorar, não é por medo que eu sinta excessivamente - perturba-me a perfeita atenção às minhas sensações, o que me incomoda e me despersonaliza.”
    Fernando Pessoa
  • “Tudo quanto vive, vive porque muda; muda porque passa; e, porque passa, morre. Tudo quanto vive perpetuamente se torna outra coisa, constantemente se nega, se furta à vida.”
    Fernando Pessoa
Em destaque