Frases de Padre António Vieira

Immagine di Padre António Vieira
Identikit e dados pessoais
Nome
António
Sobrenome
Vieira
Título
Padre
Nascido
6 Fevereiro 1608
Falecido
18 Julho 1697
Gênero
masculino
Nacionalidade
Portuguesa
Profissão
religioso, teólogo, escritor, orador
Signo do zodíaco
Aquário
Frases, citações e aforismos de Padre António Vieira
365 em português
Todas as frases de Padre António Vieira
  • “O retractar-se não é argumento de não saber, mas de saber que muitas vezes pode acertar o menos douto no que o mais letrado não advertiu.”
    Padre António Vieira
  • “Pois, o que é ignorar invencivelmente senão ignorar e não conseguir saber? E o que é a ignorância invencível senão a ignorância acompanhada da incapacidade de saber aquilo que se ignora?”
    Padre António Vieira
  • “Se não quero fazer companhia, arrisco-me a ficar só. Se quero ser amigo de todos, arrisco-me a ter todos por inimigos.”
    Padre António Vieira
  • “Um grande delito muitas vezes achou piedade; um grande merecimento nunca lhe faltou a inveja.”
    Padre António Vieira
    [Tags:crimes, inveja, piedade]
  • “O livro visto por fora, não mostra nada; por dentro está cheio de mistérios.”
    Padre António Vieira
    [Tags:ler, livros, mistério]
  • “O efeito da memória é levar-nos aos ausentes, para que estejamos com eles, e trazê-los a eles a nós, para que estejam connosco.”
    Padre António Vieira
  • “Somos Pó
    O pó que foi nosso princípio, esse mesmo e não outro é o nosso fim, e porque caminhamos circularmente deste pó para este pó, quanto mais parece que nos apartamos dele, tanto mais nos chegamos para ele: o passo que nos aparta, esse mesmo nos chega; o dia que faz a vida, esse mesmo a desfaz; e como esta roda que anda e desanda juntamente,...” (continue)
    (continue lendo)
    Padre António Vieira
  • “No juízo de Deus basta ser bom no último instante da vida para ser eternamente bom. No juízo dos homens basta ser mau em qualquer tempo da vida para ser eternamente mau. Se fostes bom, e sois mau, julgam-vos mal pelo que sois; se fostes mau, e sois bom, julgam-vos mau pelo que fostes; e se sois e fostes sempre bom, julgam-vos mal pelo que podeis...” (continue)(continue lendo)
    Padre António Vieira
  • “O maior pensar da criatura humana é comer; desde que o homem nasce até que morre anda a procurar o pão para a boca.”
    Padre António Vieira
  • “Para falar ao vento bastam palavras, para falar ao coração são necessárias obras.”
    Padre António Vieira
    [Tags:amar, atitudes, provas]
Em destaque