Frases de Padre António Vieira

Immagine di Padre António Vieira
Identikit e dados pessoais
Nome
António
Sobrenome
Vieira
Título
Padre
Nascido
6 Fevereiro 1608
Falecido
18 Julho 1697
Gênero
masculino
Nacionalidade
Portuguesa
Profissão
religioso, teólogo, escritor, orador
Signo do zodíaco
Aquário
Frases, citações e aforismos de Padre António Vieira
365 em português
Todas as frases de Padre António Vieira
  • “Tanto depende o que se diz da autoridade de quem o diz.”
    Padre António Vieira
  • “Mais arriscada foi sempre a boa que a má fama, porque as grandes prendas são muito ruidosas, e muitas vezes foi reclamo para o perigo mais certo o mais estrondoso ruído.”
    Padre António Vieira
    [Tags:calúnia, fama, perigos]
  • “Os exemplos dos tempos passados costumam ser as regras e documentos para os presentes e futuros.”
    Padre António Vieira
  • “Se nos vendemos tão baratos, porque nos avaliamos tão caros?”
    Padre António Vieira
  • “Os brutos distinguem-se dos homens, em que os homens se governam pelo entendimento, e os brutos pelos sentidos.”
    Padre António Vieira
  • “Muito mais faz quem pede para dar, do que quem dá o que tem.”
    Padre António Vieira
  • “Quem se confessa por réu, não lhe fazem agravo as testemunhas.”
    Padre António Vieira
  • “Na mesa onde se frequentar muito o jogo, cedo faltará o comer.”
    Padre António Vieira
  • “Não há inocência que esteja segura de um falso testemunho.”
    Padre António Vieira
  • “Os bens que mais nascem do ânimo que da fortuna, melhor se asseguram, porque aqueles guardam-se no peito, e estes cansam os ombros.”
    Padre António Vieira
Em destaque