Frases de Castro Alves

Immagine di Castro Alves
Identikit e dados pessoais
Nome
Antônio Frederico
Sobrenome
de Castro Alves
Apelido
Castro Alves
Nascido
14 Março 1847
Falecido
6 Julho 1871
Gênero
masculino
Nacionalidade
brasileira
Profissão
poeta
Signo do zodíaco
Peixes
Frases, citações e aforismos de Castro Alves
62 em português
Todas as frases de Castro Alves
  • “O destino escolhe quem vamos encontrar pela vida, as atitudes decidem quem permanecerão nela.”
    Castro Alves
  • “Sorte é o que resta quando não se tem fé.”
    Castro Alves
    [Tags:, sorte]
  • “A cada dois degraus que subimos no sucesso, temos que descer três na da humildade.”
    Castro Alves
    [Tags:humildade, sucesso]
  • “De inveja eu não morro, mas mato um bocado!”
    Castro Alves
    [Tags:inveja]
  • Tape os ouvidos quando algum idiota disser que seu sonho é impossível... Seu coração pode escutar, e sua alma pode se irradiar dessa energia negativa!
    A missão de um frustrado é multiplicar a espécie; a nossa é provar que sonhos são metas!

    "Nossa felicidade é como um insulto aos infelizes."

    Castro Alves
  • “Livros... Livros à mão-cheia
    e manda o povo pensar.”

    Castro Alves
    [Tags:livros, pensar, povo]
  • “O livro caindo na alma,
    é germe que faz a palma,
    é chuva que faz o mar.”

    Castro Alves
    [Tags:alma, chuva, livros, mar]
  • “Oh! bendito o que semeia
    Livros, livros, à mancheia
    E manda o povo pensar...”

    Castro Alves
  • “Amemos, porque o amor é um santo escudo. Amar é não sofrer”
    Castro Alves
    [Tags:amar, amor, felicidade]
  • “Bendito aquele que semeia livros e faz o povo pensar.”
    Castro Alves
  • “Radical intransigente, polêmico intermitente e louco inteligente! É assim que me vejo!
    Refletindo sempre, afinal tudo é espelho.”

    Castro Alves
  • “Pessoas não são escadas nem cabeças são degraus. Só se obtém sucesso pisando em alguma coisa, fabricando vinho artesanal.”
    Castro Alves
  • “A menor distância entre dois pontos é uma reta, entre dois corações são as curvas.”
    Castro Alves
  • “Não sabes, criança? Estou louco de amores...”
    Castro Alves
    [Tags:amar, loucura]
  • “Oh! por isso, Maria, vês me curvo
    Na face do presente escuro e turvo
    E interrogo o porvir;
    Ou levantando a voz por sobre os montes,
    'Liberdade' pergunto aos horizontes,
    'Quando enfim hás de vir?'”

    Castro Alves
  • “Ó pátria desperta
    Não curves a fronte
    Que enxuga-te os prantos o Sol do Equador.
    Não miras na fímbria do vasto horizonte
    A luz da alvorada de um dia melhor.”

    Castro Alves
  • “Não calqueis o povo-rei!
    Que este mar d'almas e peitos,
    Com vagas de seus direitos,
    Virá partir-vos a lei.”

    Castro Alves
    [Tags:lei, povo, vingança]
  • “O perfume é invólocro invisível, que encerra as formas da mulher bonita”
    Castro Alves
    [Tags:aparência, beleza]
  • “A amizade é o ingrediente essencial na receita da Vida.”
    Castro Alves
    [Tags:amizade, vida]
  • “Trema a terra de susto aterrada.”
    Castro Alves
    [Tags:medo, terra]
  • “A justiça do escravo está na força.”
    Castro Alves
  • “Era o relampejar da liberdade
    Nas nuvens do chorar da humanidade,
    Ou sarça do Sinai,
    Relâmpagos que ferem de desmaios
    Revoluções, vós deles sois os raios
    Escravos, esperai!”

    Castro Alves
  • “Cai, orvalho de sangue do escravo.”
    Castro Alves
  • “Cresce, cresce, seara vermelha,
    cresce, cresce, vingança feroz.”

    Castro Alves
  • “A palavra, vós roubais-la
    Dos lábios da multidão.
    Dizeis, senhores, à lava:
    Que não rompa do vulcão!”

    Castro Alves
  • “A praça, a praça é do Povo!
    Como o céu é do Condor!
    É antro onde a liberdade
    Cria a águia ao seu calor!”

    Castro Alves
  • “Basta! ... Eu sei que a mocidade
    É o Moisés no Sinai;
    Das mãos do eterno recebe
    As tábuas da lei! Marchai!
    Quem cai na luta com glória.
    Tomba nos braços da história,
    No Coração do Brasil.”

    Castro Alves
  • “E bradei: 'Meu canto, voa,
    Terra ao longe! terra à proa!
    Vejo a terra do porvir!”

    Castro Alves
  • “E o povo é como a barca em plenas vagas,
    A tirania é o tremedal das plagas,
    O porvir - a amplidão.
    Homens! Esta lufada que rebenta
    É o furor da mais lôbrega tormenta
    Ruge a revolução.”

    Castro Alves
  • “Não basta inda de dor, ó Deus terrível?!
    É pois teu peito eterno, inexaurível
    De vingança e rancor?
    E que é que fiz, Senhor?
    que torpe crime
    Eu cometi jamais, que assim me oprime
    Teu gladio vingador?”

    Castro Alves
  • “O livro - esse audaz guerreiro
    que conquista o mundo inteiro
    sem nunca ter Waterloo...”

    Castro Alves
  • “O riso é a estrela do horizonte da alma.”
    Castro Alves
    [Tags:alegria, alma, riso]
  • “Ontem plena liberdade,
    A vontade por poder,
    Hoje... cúmulo de maldade,
    Nem são livres pra morrer.”

    Castro Alves
  • “Povo! Povo infeliz! Povo mártir eterno,
    Tu és do cativeiro o Prometeu moderno.”

    Castro Alves
  • “Senhor, não deixes que se manche a tela,
    Onde traçaste a criação mais bela
    De tua inspiração.
    O sol de tua glória foi toldado
    Teu poema da América manchado.
    Manchou-o a escravidão.”

    Castro Alves
  • “Tem o povo - mar violento
    Por armas - o pensamento,
    A verdade por farol
    E o homem, vaga que nasce
    No oceano popular,
    Tem que impelir os espíritos,
    Tem uma plaga a buscar.”

    Castro Alves
  • “Toda noite - tem auroras,
    Raios - toda escuridão,
    Moços, creiamos, não tarda
    A aurora da redenção.”

    Castro Alves
  • “Ai! Que vale a vingança, pobre amigo. Se na vingança, a honra não se lava?”
    Castro Alves
    [Tags:honra, vingança]
  • “Oh! Bendito o que semeia
    Livros à mão cheia
    E manda o povo pensar!
    O livro, caindo n'alma
    É germe –que faz a palma,
    É chuva –que faz o mar!”

    Castro Alves
  • “A terra anda em duas rodas: uma é o amor e a outra é o ouro.”
    Castro Alves
    [Tags:amor, dinheiro]
  • “Tenho ótima memória e não me esquecerei de ninguém, ou melhor, nunca esqueço! Cada abraço, cada “tapa”, apoio ou desamparo serão avaliados com cautela!
    Pessoas entram em nossas vidas por acaso, mas não é por acaso que elas permanecem.”

    Castro Alves
  • “Quando meu pai morreu me tornei metade monstro metade humano, metade máquina metade homem, metade anjo metade...
    Meus sentimentos se confundem mas minha conduta é inabalável!”

    Castro Alves
  • “Auriverde pendão de minha terra,
    Que a brisa do Brasil beija e balança,
    Estandarte que a luz do sol encerra
    E as promessas divinas da esperança”

    Castro Alves
  • “Tudo vem me lembrar que tu fugiste,
    Tudo que me rodeia de ti fala.
    Inda a almofada, em que pousaste a fronte
    O teu perfume predileto exala...”

    Castro Alves
    [Tags:fim, saudades, solidão]
  • “Entendemos mais quando escutamos com o coração, afinar os ouvidos nem sempre é a melhor opção para entender o que fala uma linda canção!”
    Castro Alves
  • “Meu coração se dividiu em dois:
    Metade tem átrio e ventrículo,
    a outra válvulas e pistões...
    Metade homem, metade máquina!”

    Castro Alves
  • “Prendi meus afetos, formosa Pepita...
    Mas, onde?
    No tempo? No espaço? Nas névoas?
    Não rias...
    Prendi-me num laço de fita!”

    Castro Alves
    [Tags:afeto, amar, beleza]
  • “Tem pessoas que são como a cana de açúcar, por mais esbagaçadas que estejam, nada mais oferecem que a própria doçura.”
    Castro Alves
  • “Tenho amigos anjos e tenho os demônios. Os anjos me falam o que é errado, os demônios me levam pra conhecer!”
    Castro Alves
  • “Não trate como aliado quem te vê como amigo, o aliado luta pelos interesses já o amigo ajuda nas realizações.”
    Castro Alves
Em destaque