Frases de Eduardo Galeano

Immagine di Eduardo Galeano
Identikit e dados pessoais
Nome
Eduardo Germán María Hughes
Sobrenome
Galeano
Apelido
Eduardo Galeano
Nascido
3 Setembro 1940 em Montevideo
Falecido
13 Abril 2015
Gênero
masculino
Nacionalidade
Uruguaia
Profissão
jornalista, escritor
Signo do zodíaco
Virgem
Livros de Eduardo Galeano
Frases, citações e aforismos de Eduardo Galeano
51 em português
Todas as frases de Eduardo Galeano
  • “Vivemos em plena cultura da aparência: o contrato de casamento importa mais que o amor, o funeral mais que o morto, as roupas mais do que o corpo e a missa mais do que Deus.”
    Eduardo Galeano
  • “A utopia está lá no horizonte. Me aproximo dois passos, ela se afasta dois passos. Caminho dez passos e o horizonte corre dez passos. Por mais que eu caminhe, jamais alcançarei. Para que serve a utopia? Serve para isso: para que eu não deixe de caminhar.”
    Eduardo Galeano
  • “Na América Latina, a liberdade de expressão consiste no direito ao resmungo em algum rádio ou em jornais de escassa circulação. Os livros não precisam ser proibidos pela polícia: os preços já os proíbem.”
    Eduardo Galeano
  • “Não importa de onde vim, mais sim aonde quero chegar.”
    Eduardo Galeano
    [Tags:futuro, objetivos]
  • “O que são as pessoas de carne e osso? Para os mais notórios economistas, números. Para os mais poderosos banqueiros, devedores. Para os mais influentes tecnocratas, incômodos. E para os mais exitosos políticos, votos.”
    Eduardo Galeano
  • “Somos o que fazemos, mas somos, principalmente, o que fazemos para mudar o que somos.”
    Eduardo Galeano
  • “Na luta do bem contra o mal, é sempre o povo que morre.”
    Eduardo Galeano
    [Tags:bem, mal, povo]
  • “Eu não acredito em caridade. Eu acredito em solidariedade. Caridade é tão vertical: vai de cima para baixo. Solidariedade é horizontal: respeita a outra pessoa e aprende com o outro. A maioria de nós tem muito o que aprender com as outras pessoas.”
    Eduardo Galeano
  • “O sistema, que não dá de comer, tampouco dá de amar: condena muitos à fome de pão e muitos mais à fome de abraços.”
    Eduardo Galeano
  • “A memória guardará o que valer a pena. A memória sabe de mim mais que eu; e ela não perde o que merece ser salvo.”
    Eduardo Galeano
  • “Até que os leões tenham seus próprios historiadores, as histórias de caçadas continuarão glorificando o caçador.”
    Eduardo Galeano
  • Na parede de um botequim de Madri, um cartaz avisa: “Proibido cantar”. Na parede do aeroporto do Rio de Janeiro, um aviso informa: “É proibido brincar com os carrinhos porta-bagagem”. Ou seja: Ainda existe gente que canta, ainda existe gente que brinca.
    Eduardo Galeano
  • “Você sabe por que as estrelas caem? A culpa é de Deus. Deus gruda elas mal. Ele gruda as estrelas com cola de arroz.”
    Eduardo Galeano
    [Tags:deus, estrelas]
  • “A primeira condição para modificar a realidade consiste em conhecê-la.”
    Eduardo Galeano
  • “A Igreja diz: o corpo é uma culpa. A Ciência diz: o corpo é uma máquina. A publicidade diz: o corpo é um negócio. E o corpo diz: eu sou uma festa.”
    Eduardo Galeano
  • “Somos todos mortais até o primeiro beijo e o segundo copo, e qualquer um sabe disso, por menos que saiba.”
    Eduardo Galeano
  • “Jesus escolheu, para nascer, um deserto subtropical onde jamais nevou, mas a neve se converteu num símbolo universal do Natal desde que a Europa decidiu europeizar Jesus. O nascimento de Jesus é, hoje em dia, o negócio que mais dinheiro dá aos mercadores que Jesus tinha expulsado do templo.”
    Eduardo Galeano
  • “Quando as palavras não são tão dignas quanto o silêncio, é melhor calar e esperar.”
    Eduardo Galeano
  • “Se Deus existe, por que fica de fora? Não será Deus ateu?”
    Eduardo Galeano
    [Tags:ateísmo, deus]
  • “Quando é verdadeira, quando nasce da necessidade de dizer, a voz humana não encontra quem a detenha. Se lhe negam a boca, ela fala pelas mãos, ou pelos olhos, ou pelos poros, ou por onde for. Porque todos, todos, temos algo a dizer aos outros, alguma coisa, alguma palavra que merece ser celebrada ou perdoada pelos demais.”
    Eduardo Galeano
    [Tags:comunicar, falar, voz]
  • “No manicômio global, entre um senhor que julga ser Maomé e outro que acredita ser Buffalo Bill, entre o terrorrismo dos atentados e o terrorrismo da guerra, a violência está nos arruinando.”

    Eduardo Galeano
  • “Assovia o vento dentro de mim. Estou despido. Dono de nada, dono de ninguém, nem mesmo dono de minhas certezas, sou minha cara contra o vento, a contravento, e sou o vento que bate em minha cara.”
    Eduardo Galeano
  • “Há aqueles que crêem que o destino descansa nos joelhos dos deuses, mas a verdade é que trabalha, como um desafio candente, sobre as consciências dos homens.”
    Eduardo Galeano
  • “Alguns fogos, fogos bobos, não alumiam nem queimam; mas outros incendeiam a vida com tamanha vontade que é impossível olhar para eles sem pestanejar, e quem chegar perto pega fogo.”
    Eduardo Galeano
    [Tags:fogo, paixão]
  • “O Uruguai se reduziu a um banco, com praia e umas vaquinhas em volta.”

    Eduardo Galeano
  • “A liberdade de mercado permite que você aceite os preços que lhe são impostos.”
    Eduardo Galeano
  • “Nossa derrota esteve sempre implícita na vitória dos outros. Nossa riqueza sempre gerou nossa pobreza por nutrir a prosperidade alheia: os impérios e seus beleguins nativos.”
    Eduardo Galeano
  • “Na alquimia colonial e neocolonial o ouro se transfigura em sucata, os alimentos em veneno.”
    Eduardo Galeano
  • “A liberdade de eleições permite que você escolha o molho com o qual será devorado.”
    Eduardo Galeano
  • “Se a uva é feita de vinho, talvez a gente seja as palavras que contam o que a gente é.”
    Eduardo Galeano
  • “A chuva que irriga os centros de poder imperialista afogas os vastos subúrbios do sistema. Do mesmo modo, e simetricamente, o bem-estar de nossas classes dominantes – dominantes para dentro, dominadas para fora – é a maldição de nossas multidões, condenadas a uma vida de bestas de carga.”
    Eduardo Galeano
  • “Um refúgio? Uma barriga? Um abrigo onde se esconder quando estiver se afogando na chuva, ou sendo quebrado pelo frio, ou sendo revirado pelo vento? Temos um esplêndido passado pela frente? Para os navegantes com desejo de vento, a memória é um ponto de partida.”
    Eduardo Galeano
  • “Esse foi o mandamento que Deus esqueceu: Serás parte da Natureza. Obedecerás a Natureza da qual fazes parte.”
    Eduardo Galeano
  • “Somos o que fazemos para transformar o que somos. A identidade não é uma peça de museu quietinha na vitrine, mas a sempre assombrosa síntese das contradições nossas de cada dia.”
    Eduardo Galeano
  • “Não consigo dormir. Tenho um homem atravessado entre minhas pálpebras. Se pudesse, diria a ele que fosse embora, mas tenho um homem atravessado na garganta.”
    Eduardo Galeano
  • “A televisão, essa última luz que te salva da solidão e da noite, é a realidade. Porque a vida é um espetáculo: para os que se comportem bem, o sistema promete uma boa poltrona.”
    Eduardo Galeano
  • “A pobreza antes era considerada obra de injustiça. O mundo moderno considera a pobreza incapacidade.”
    Eduardo Galeano
  • “A liberdade do dinheiro é inimiga da liberdade das pessoas.”
    Eduardo Galeano
  • “Tenho saudades de um país que ainda não existe no mapa.”
    Eduardo Galeano
  • “Os gols de Leônidas eram tão lindos que até o goleiro vencido se levantava para felicitá-lo.”
    Eduardo Galeano
  • “Em certo sentido, a direita tem razão quando se identifica com a tranquilidade e com a ordem. A ordem é a diuturna humilhação das maiorias, mas sempre é uma ordem - a tranquilidade de que a injustiça siga sendo injusta e a fome faminta.”
    Eduardo Galeano
  • “O corpo não é uma máquina como nos diz a ciência. Nem uma culpa como nos fez crer a religião. O corpo é uma festa.”
    Eduardo Galeano
    [Tags:corpo, festa]
  • “A história é um profeta com o olhar voltado para trás: pelo que foi, e contra o que foi, anuncia o que será.”
    Eduardo Galeano
    [Tags:história]
  • “Temos, há muito tempo, guardado dentro de nós um silêncio bastante parecido com estupidez.”
    Eduardo Galeano
  • “Somos porque ganhamos. Se perdemos, deixamos de ser.”
    Eduardo Galeano
  • “Vida cigana. As coisas me acompanham e vão embora. São minhas de noite, perco-as de dia. Não estou preso às coisas; elas não decidem nada.”
    Eduardo Galeano
  • “A beleza é bela quando pode ser vendida. A justiça é justa quando pode ser comprada.”
    Eduardo Galeano
  • “O poder encolhe os ombros: quando este planeta deixar de ser rentável: mudo-me para outro.”
    Eduardo Galeano
  • “Um menino de três anos, chamado Luca, comentou um dia desses: 'o mundo não sabe onde está sua casa'. Ele estava olhando o mapa. Não estava olhando o noticiário.”
    Eduardo Galeano
  • “A realidade dá os cursos práticos, A TV se encarrega da teoria.”
    Eduardo Galeano
Em destaque