Frases de Javier Marìas

Immagine di Javier Marìas
Identikit e dados pessoais
Nome
Javier
Sobrenome
Marìas
Nascido
20 Setembro 1951 em Madrid
Gênero
masculino
Nacionalidade
Espanhola
Profissão
escritor, tradutor, jornalista
Signo do zodíaco
Virgem
Livros de Javier Marìas
Frases, citações e aforismos de Javier Marìas
20 em português
Todas as frases de Javier Marìas
  • “As coisas difíceis parecem possíveis quando você pensa um pouco nelas, mas se tornam impossíveis se você pensa demais.”
    Javier Marìas
  • “A posteridade conta sempre com a vantagem de desfrutar da obra dos escritores sem o incómodo de os aturar.”
    Javier Marìas
  • “Convém distinguir entre os dois [amor e enamoramento] embora se confundam não são a mesma coisa... O que é muito estranho é sentir um fraco, uma verdadeira fraqueza por alguém, e que no-la produza, que nos torne fracos. É isso o determinante, que nos impeça de ser objetivos e nos desarme para sempre e que faça que nos rendamos.”
    Javier Marìas
  • “Calar e falar são formas de intervir no futuro.”
    Javier Marìas
  • “A vida inteira parece de mentira quando se é jovem. O que acontece com os outros, as desgraças, as calamidades, os crimes, tudo isso nos é alheio, como se não existisse.”
    Javier Marìas
    [Tags:jovens, vida]
  • “Pode ser que tudo espere sua repetição, mas nada retorna do mesmo modo como teria acontecido e não aconteceu.”
    Javier Marìas
  • “As pessoas mentem da mesma maneira que morrem.”
    Javier Marìas
    [Tags:mentir, morrer]
  • “São todas admissíveis, as fantasias. Não o são os fatos, para os quais não há emenda nem volta atrás, apenas ocultação. Para as palavras ouvidas, nem mesmo isso, mas no máximo esquecimento, com muita sorte.”
    Javier Marìas
  • “Quase todo mundo se envergonha de sua juventude, não é muito certo que tenha saudade dela, como se diz, ao contrário, relega-a ao esquecimento ou renega-a, e com facilidade ou esforço confina sua origem à esfera dos pesadelos, ou dos romances, ou do que não existiu. Oculta-se a juventude, a juventude é secreta para os que já não nos conheceram...” (continue)(continue lendo)
    Javier Marìas
  • “Muitas vezes o mundo inteiro se move apenas para deixar de ocupar seu lugar e usurpar o de outro, só por isso, para se esquecer de si mesmo e enterrar o que foi, todos nós nos cansamos indizivelmente de ser o que somos e o que fomos.”
    Javier Marìas
    [Tags:mudança]
  • “Escutar é o mais perigoso, é saber, é ser inteirado e estar a par, os ouvidos não têm pálpebras que se possam fechar instintivamente ao que é dito, não se podem resguardar do que se pressente que se vai escutar, sempre é tarde demais.”
    Javier Marìas
    [Tags:ouvir]
  • “Às vezes tenho a sensação de que o que ocorre é idêntico ao que não ocorre, o que descartamos ou deixamos passar idêntico ao que pegamos e agarramos, o que experimentamos idêntico ao que não provamos, e no entanto vai-nos a vida e vai-se-nos a vida em escolher, rejeitar e selecionar, em traçar uma linha que separe essas coisas que são idênticas...” (continue)(continue lendo)
    Javier Marìas
    [Tags:existência, viver]
  • “Pensar no futuro é um dos maiores prazeres concebíveis para qualquer pessoa, se não a salvação diária de todos: pensar vagamente, errar com o pensamento posto no que há-de vir ou pode vir, perguntar-se sem demasiada concretização nem interesse pelo que será de nós amanhã mesmo ou dentro de cinco anos, pelo que não prevemos. [...] o futuro...” (continue)(continue lendo)
    Javier Marìas
    [Tags:futuro, pensar]
  • “Não podemos pretender ser os primeiros, ou os preferidos, somos apenas quem está disponível, os restos, as sobras, os sobreviventes, o que vai ficando, os saldos, e é com esse pouco nobre que se erigem os maiores amores e se fundam as melhores famílias, disso provimos todos, produto da casualidade e do conformismo, dos descartes e das timidezes...” (continue)(continue lendo)
    Javier Marìas
  • “São muitos os que creem ver a mão do destino no que não é mais do que uma rifa de vilarejo quando o verão já agoniza.”
    Javier Marìas
    [Tags:destino]
  • “Alguém está agora vivo e depois está morto, e no meio nada, como se se passasse sem transição nem motivo de um estado para outro.”
    Javier Marìas
    [Tags:morte, vida]
  • “É outro inconveniente de sofrer uma desgraça: para quem a sofre, os efeitos duram muito mais do que dura a paciência dos que se mostram dispostos a escutá-lo e acompanhá-lo, a incondicionalidade nunca é muito longa se tingida de monotonia. E assim, mais dia menos dia, a pessoa triste fica sozinha quando ainda não terminou seu luto ou já não lhe...” (continue)(continue lendo)
    Javier Marìas
  • “Acreditamos poder contar as nossas vidas de maneira mais ou menos razoável e cabal e, quando começamos, damo-nos conta de que estão povoadas de zonas de sombra.”
    Javier Marìas
  • “A literatura não pode explicar o mistério, mas conta-no-lo.”
    Javier Marìas
    [Tags:literatura]
  • “Já há um século que se deixou de educar as crianças para que se tornem adultos. Pelo contrário, os adultos da nossa época são educados para continuarem a ser crianças.”
    Javier Marìas
Em destaque