Frases de Artur da Távola

Immagine di Artur da Távola
Identikit e dados pessoais
Nome
Paulo Alberto
Sobrenome
Moretzsohn Monteiro de Barros
Apelido
Artur da Távola
Nascido
3 Janeiro 1936
Falecido
9 Maio 2008
Gênero
masculino
Nacionalidade
brasileira
Profissão
advogado, jornalista, escritor, acadêmico, político
Signo do zodíaco
Capricórnio
Frases, citações e aforismos de Artur da Távola
33 em português
Todas as frases de Artur da Távola
  • “O novo não é o contrário do velho. O novo é o oposto das prisões que nos impomos.”
    Artur da Távola
  • “Não mexa com o amor de um diferente. A menos que você seja suficientemente forte para suportá-lo depois.”
    Artur da Távola
  • “Afinidade não é o mais brilhante, mas o mais sutil, delicado e penetrante dos sentimentos. E o mais independente. Quando há afinidade, qualquer reencontro retoma a relação, o diálogo, a conversa, o afeto no exato ponto em que foi interrompido. Ter afinidade é muito raro. É conversar no silêncio, tanto das possibilidades exercidas, quanto das...” (continue)(continue lendo)
    Artur da Távola
    [Tags:cumplicidade]
  • “O doloroso na política é que, nela, ninguém procura se ampliar na direção do melhor do outro e, sim, reduzi-lo à dimensão menor de quem julga.”
    Artur da Távola
  • “Afinidade é retomar a relação no ponto em que parou sem lamentar o tempo de separação. Porque tempo e separação nunca existiram. Foram apenas oportunidades dadas (tiradas) pela vida.”
    Artur da Távola
  • “Música é vida interior, e quem tem vida interior jamais padecerá de solidão.”
    Artur da Távola
  • “O ser humano só valoriza o amor quando há perda ou risco de perda... Quase nunca durante sua encantatória vigência. Descobrir que amar é também saber amar e transformar a vigência do amor em vivência de amor, em algo bom, pelo gosto de viver e não pelo medo de perder, é sabedoria para poucos [...]. Amar é fazer um pacto de felicidade e não de...” (continue)(continue lendo)
    Artur da Távola
  • “Se o amor existe, seu conteúdo já é manifesto. Não se preocupe mais com ele e suas definições. Cuide agora da forma. Cuide da fala. Cuide do cuidado. Cuide do carinho. Cuide de você. Ame-se o suficiente para ser capaz de gostar do amor e só assim poder começar a tentar fazer o outro feliz (ou melhor, permita-lhe ser feliz com você).”
    Artur da Távola
  • “Quem não tem namorado é alguém que tirou férias não remuneradas de si mesmo. Namorado é a mais difícil das conquistas. Difícil porque namorado de verdade é muito raro. Necessita de adivinhação, de pele, saliva, lágrima, nuvem, quindim, brisa ou filosofia.”
    Artur da Távola
  • “A alma dos diferentes é feita de uma luz além. Sua estrela tem moradas deslumbrantes que eles guardam para os pouco capazes de os sentir e entender. E... nessas moradas estão tesouros da ternura humana. De que só os diferentes são capazes.”
    Artur da Távola
  • “Casais separados conseguem certas intensidades amorosas impossíveis na vigência do matrimônio.”
    Artur da Távola
  • “Certos graus de amor só são perceptíveis a partir da impossibilidade de se exercerem ou da ameaça de não poderem jamais vir à tona.”
    Artur da Távola
  • “Frequentemente sou compreendido por quem não me conhece e incompreendido por quem me conhece.”
    Artur da Távola
  • “Ciúmes é um sentimento inútil e não torna ninguém fiel a você.”
    Artur da Távola
     
  • “Em amor, se é preciso explicar, então já não se deu o entendimento profundo, a adivinhação da verdadeira necessidade do outro.”
    Artur da Távola
    [Tags:amor, cumplicidade]
  • “O carinho é a melhor arma contra o ódio.”
    Artur da Távola
    [Tags:ternura, ódio]
  • “Ame-se o suficiente para ser capaz de gostar do amor e só assim poder começar a tentar fazer o outro feliz.”
    Artur da Távola
  • “O que volta depois de ter passado é porque nunca deixou de existir.”
    Artur da Távola
  • “Dilema do homem
    Na vigência do casamento ele se sente preso e atado. Quer, quer a separação. Não aguenta mais as limitações da vida comum. Aí pinta a separação e ele, mais do que a mulher, entra em pânico.”

    Artur da Távola
  • “Abrir caixas, cestas e pacotes aos poucos é mergulhar na fantasia... A vida e o futuro são essas caixas que vamos abrindo a cada dia, sem saber o que há la dentro, sorriso ou frustação.”
    Artur da Távola
  • “Ninguém em toda natureza aprendeu a bastar-se a si mesmo como o gato.”
    Artur da Távola
  • “Os que morrem na mediocridade provocam mais alívio que saudade.”
    Artur da Távola
  • “Rende-te à natureza de quem amas e esta começará a te obedecer.”
    Artur da Távola
  • “O choro existe para o homem não explodir.”
    Artur da Távola
    [Tags:chorar]
  • “Ser jovem é ter a capacidade do perdão e andar com os olhos cheios de capim-cheiroso. É ter tédios passageiros, é amar a vida, é ter uma palavra de compreensão.”
    Artur da Távola
  • “Prepare-se para sua capacidade de amar, para sua melhor beleza, para fazer cada vez melhor o que você sabe, seja quindim, amor, coleção de selos, estudos transcendentais, harpa, pipoca, pensamento de kant, numismática, sorriso, sinuca ou cirurgia ocular.”
    Artur da Távola
    [Tags:amar]
  • “O mundo e o homem são seletivos. Só querem se identificar, com figuras-modelos, padrões, superdotados porque é dificil suportar qualquer relação sem admiração.”
    Artur da Távola
  • “Pessoas vão se transformando em peso para o mundo. Acabam com dois mil kilos de indiferença, desagrado e solidão.”
    Artur da Távola
  • “Não se meu Deus é macro, talvez ele seja micro, silêncio e trovão.”
    Artur da Távola
  • “Deus é o maior poeta de todos os tempos.”
    Artur da Távola
    [Tags:deus]
  • “Amigos de verdade nunca te abandonam.”
    Artur da Távola
    [Tags:amigos]
  • “O melhor da gente ninguém sabe.”
    Artur da Távola
  • “A música é a sobremesa da vida.”
    Artur da Távola
    [Tags:beleza, música]
Em destaque