O Evangelho segundo o Espíritismo

Livro O Evangelho segundo o Espíritismo
Título: O Evangelho segundo o Espíritismo
Título original: L'Évangile selon le Spiritisme
Autor:Allan Kardec
Ano de lançamento: 1864
Outros livros do autor
  • “O mundo está cheio dessas criaturas que têm o sorriso nos lábios e o veneno no coração; que são brandas, desde que nada as aborreça, mas que mordem à menor contrariedade; cuja língua, de ouro quando falam pela frente, transforma-se em dardo peçonhento, quando estão por detrás.”
    Allan Kardec
  • “Ó estúpido amor-próprio, tola vaidade e louco orgulho, quando sereis substituídos pela caridade cristã, pelo amor ao próximo e pela humildade que o Cristo ensinou e exemplificou? Só então desaparecerão esses preconceitos monstruosos que ainda governam os homens, e que as leis são impotentes para reprimir, porque não basta interditar o mal e...” (continue)(continue lendo)
    Allan Kardec
  • “O primeiro controle é, incontestavelmente, o da razão, ao qual é preciso submeter, sem exceção, tudo o que venha dos Espíritos.”
    Allan Kardec
  • “A benevolência para com os seus semelhantes, fruto do amor ao próximo, produz a afabilidade e a doçura, que são as suas formas de manifestar-se.”
    Allan Kardec
    [Tags:benevolência]
  • “Não é o que entra na boca que macula o homem; o que sai da boca do homem é que o macula. O que sai da boca procede do coração e é o que torna impuro o homem; porque é do coração que partem os maus pensamentos, os assassínios, os adultérios, as fornicações, os latrocínios, os falsos testemunhos, as blasfêmias e as maledicências.”

    Allan Kardec
  • “Deus não condena os gozos terrenos, mas o abuso desses gozos em detrimento das coisas da alma.”
    Allan Kardec
    [Tags:condenar, deus, pecado]
  • “Caridade moral consiste em vos suportardes uns aos outros e é o que menos fazeis nesse mundo inferior, onde, no momento, vos achais encarnados. ”
    Allan Kardec
  • “Quando o orgulho chega ao extremo, tem-se um indício de queda próxima, porque Deus sempre castiga os soberbos.”
    Allan Kardec
    [Tags:deus, orgulho, soberbia]
  • “A importância, pois, dada aos bens terrenos está sempre em razão inversa da fé que se tenha no futuro.”
    Allan Kardec
  • “Não se deve crer que todo sofrimento suportado neste mundo seja necessariamente indício de uma determinada falta. Muitas vezes são simples provas escolhidas pelo Espírito para concluir a sua depuração e acelerar o seu adiantamento. Assim, a expiação serve sempre de prova, mas nem sempre a prova é uma expiação.”
    Allan Kardec
    [Tags:sofrimento]
Em destaque